segunda-feira, abril 19, 2010

Da suspeita de paixonite

Geralmente quando suspeito de algo é pq já é um fato consumado. Então desde que suspeitei estar apaixonado, eu já estava.

Mas qual o grande problema nisso? Acredito que é uma paixonite não correspondida, claro para ajudar numa situação complexa: A "pequena boneca de porcelana" é extremamente atenciosa e carinhosa comigo. Mesmo diante de uma dificuldade, compareceu no meu churrasco de boas vindas, me deu um abraço capaz de desarmar qualquer armadura.

Foi uma compania extremamente agradável durante todo o tempo em que lá esteve, porém a impressão que tenho é que para ela, tudo não passa de uma grande amizade... Isso me preocupa, já vi esse filme antes e em geral sei como acaba, por tanto a ordem agora é freiar oos impulsos e desejos, aguardar e observar...

5 comentários:

Marcelo disse...

Já coloquei isso em algum outro lugar, mas aí vai de novo: "pra curar um amor platônico, nada como uma foda homérica".
Bem, já sabe o que fazer! :)
Abs, camarada!

Junião disse...

Hahahah concordo plenamente amigo viajante, mas vamos ver, quero resolver bem essa questão antes de uma foda homérica rssss

Priscila C. Souza disse...

Relax!!!!!
O tempo direciona as coisas, mas tente focar em outras bonecas... ajuda!

Dona Lô disse...

Não deixa virar jogo, viu?

Dona Mila disse...

Junião, seu coração anda a mil!!!