quinta-feira, abril 29, 2010

O jogo do ano

Ok, eu pretendia escrever este post ontem, antes do jogo Flamengo x Corinthians, mas não consegui, o jeito é escrever depois da derrota...

Não dá para analisar o primeiro tempo do jogo de ontem, aquilo não era futebol, era polo aquático! Um jogo que foi o centro das atenções, merecia sorte melhor do clima. Mais uma vez o Timão jogou com um jogador a mais e não soube se valer da superioridade numérica: perdeu de 1x0 num penalti extremamente infantil, tão infantil quanto o gol contra do Coelho no Pacaembu na Libertadores de 2006.

Agora o que explicar hein sr. Mano Menezes? O time está se dedicando apenas à Libertadores desde o fim da primeira fase do Paulistão, a mamata da primeira fase da Libertadores já foi, aliás parabéns pela melhor campanha, porém a melhor campanha de nada adiantará se não passar pelo Flamengo!

Agora semana que vem a parada é no Pacaembu, este não será apenas o jogo do ano até o momento, este será o jogo que vai colocar à prova todo o trabalho desenvolvido desde o início de 2008: o retorno da série B, o título invicto do Paulistão 2009, o título da Copa do Brasil de 2009, o desprezo com o Brasileirão 2009, o desprezo com o Paulistão 2010, as novas contratações, os investimentos, enfim tudo será colocado à prova.

Sem falar que pressão pouca é bobagem: Ano do Centenário, disputa do título mais almejado pela torcida corinthiana, enfim o sr. Mano Menezes, comissão técnica e seu grupo de jogadores terão uma semana para entender o que significa tudo isso para a nação corinthiana e no próximo dia 05/05 vencer.

Do contrário meus amigos, o Pacaembu mais uma vez se tornará praça de guerra, ídolos serão execrados (viu sr. Fenômeno?) e todo o planejamento irá por água abaixo, valei-me meu São Jorge guerreiro!

2 comentários:

Priscila C. Souza disse...

Que vença o melhor, mas temos que lembrar que meu Mengão não é pouca coisa não! :P
Claro que o jogo não foi dos melhores, mas temos que dar mérito ao meu time, uma vez que conseguiu segurar a onda com um a menos...

Junião disse...

É vc tem razão, com a piscina que tava, o Flamengo literalmente "segurou a onda" hahahah